Arte

Latifúndio

Latifúndio

a catarse do discurso da primeira voz
sete espíritos na íris do deus que é só um
a estrada estraçalhada ao instante após
a escada vertebrada do meu eu pro mundo

a manada inanimada em que vai a nada cada um de nós
a escrota lei escrita por senhor nenhum
a linfática linguagem entre as tantas margens desse rio sem foz
a palavra que se lavra nesse latifúndio

a garganta que se engasga com joãos e jós
a oração subordinada a sujeito algum
a estaca com que atacas quando enfim a sós
a escada que me cravas pra voltar do fundo

a manada inanimada em que segue a nada cada um de nós
a hebraica lei herdada de senhor nenhum
a liríssima linguagem entre as tantas margens desse rio sem foz
a verdade que me cabe desse latifúndio

Victo Sum

Victo Sum julga escrever desde um lugar distante, tão distante que talvez ainda não exista

Comentários:

Ao enviar esse comentário você concorda com nossa Política de Privacidade.