Poesia

O miolo

Melancia é uma fruta de verão e que não se come sozinho e sim que se compartilha em fatias.  Havia,...

Leia mais

PARMÊNIDES

o mesmoo outroeram irmãos diamesesanosséculosatrás o umera o eupadrãosujeito reflexocom toda razão o serera sãomas o nãoser entãonão podia ser...

Leia mais

Vende-se

Tudo!AmazôniaO marA serraToda águaToda luzTodo fogoTodo ferroO solCopacabanaVende-se O CristoJesus CristoA salvaçãoTua cara lavadaTua boca de cinzeiroTua bunda caídaTeus pelos...

Leia mais

COMPRA

vou comprarum quilo daquiloe me trancar no quartoe escrever a históriado fogo de Prometeunum guardanapocom a pontaapagadado meu vou comprarum...

Leia mais

No Abismo

Ah, saco! Não consigo parar aqui e escrever.  Mexo no celular, levanto, vou ver o pão que nem com reza...

Leia mais

IMPONTUÁVEL

no fim da vida e do versohá uma pausa e prontoponto ouvírgulatalvezvírgulaum tropeçosuave que sejao começo da surpresa apósdois pontos alicaminho nos...

Leia mais

Semente

Para você eu só queria que notasse meu jeito Desde pequeno só tive esse destino de ser Meu jeito de...

Leia mais

Lavoro

Não sei o que dizer depois desta semanaDeveria estar indiferente, talvez amortecidoSeria mais confortável ignorar o grito que emanaDa boca...

Leia mais

Ouça

Teremos tempo ou descanso em nossos dias escuros?Eu não sabia e a luz feriu meus olhos recém-abertosA água era fria...

Leia mais

Ver e sentir

Saiu do Nens quando quase amanhecia. Sozinha em casa rabiscou letras no prato. Pensou em dormir mas não podia. Sentiu...

Leia mais