poesia

Wagner Rengel: Fluxo

Passou e não viQuando estive aliSó Senti Burburinhos acenamDescendo abaixo sonorosExtravagantes silênciosNão li Confusões anunciam quedasLeves brandas lisas pedrasRespingos finos...

Leia mais