Crônica

A Feira de Jô

Jô me soa tão bonita. A palavra, o apelido: Jô. Apelido de Joinville, a cidade. Apelido que dei em algum...

Leia mais

O nome da era

Juquinha me ligou aos prantos:  – Serjão, serjão…  Não consegui ouvir mais nada. Apenas soluços. E uns grunhidos tão altos...

Leia mais

Noite do Soninho

 Somos “quatro velhas”, diria meu neto com um deboche rude igual ao do avô. Somos mesmo: quatro velhas muito amigas,...

Leia mais